Não seria prudente verificar o impacto dessa medida no erário público a fim de rever a legislação em vigor?